Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Noosfera

Pensamentos Meus

Noosfera

Pensamentos Meus

Dom | 24.03.19

E se eu sorrir mais...

Rosa Rosa Ramos Aguiar

E, se eu sorrir mais...

Será que é me devolvido o sorriso?...

Ou não...

Sei que muitas vezes o ar carrancudo, nem é por mal, é por distracção.

Mas às vezes é por distracção que se bate com o dedo do pé... certo!? Então se calhar é melhor ter mais atenção...

Ao que nos rodeia... as sensações, complicações ...

Sei que vou sorrir...

E, ao sorrir que me seja devolvido não o sorriso do outro, mas a essência

Porque sorrir, só por si não basta... há que haver um bom motivo.

Que abundem os motivos para sorrir!

Foto: Rosa Ramos Aguiar

DSCF4168 (2).JPG

 

 

 

Dom | 24.03.19

O que já não sou.

Rosa Rosa Ramos Aguiar

Outrora robusto, rezingão...

Hoje olha para o vazio e esboça um sorriso, se o retribuem. Dá uma gargalhada e fica feliz!

Sou abençoada, por poder estar ali... Sem saber o que lhe fazem, deixa e confia! Não questiona, nem quem eu sou, para lhe estar a prestar auxílio com um sorriso... E digo, está tudo bem.

Tal qual uma criança olha com sorriso fraternal e, sinto que seu coração diz ao meu baixinho...  Eu sei que está tudo bem!

Gratidão meu sogro. 

Por eu saber o que já não sou!

 

Sex | 15.03.19

O coma

Rosa Rosa Ramos Aguiar

20180914_180906.jpg

Nada é mais frustrante do que o coma induzido pelo carregador do telemóvel. 

 

Hoje há  uma dependência muito grande dos nossos filhos ao telemóvel...

A  jogos online.

 

Nem é  facebook.

 

Ainda se fosse era mau,  mas não  tanto.

 

Sei que há  juventude que partilha vidas falsas nas redes sociais ...Tudo  é válido  ao istagran.

 

Mas nem é isso... É  viver uma personagem num jogo.

 

É  perigoso quando vivem isso... Já  nem é  divertido  sair, ir ao banho... ver TV.

 

 É  melhor cortar o mal pela raiz!

 

É  dificil ter um filho em coma ou com cancro e olhar pela janela sem forças  e desejar tanto estar saudáve.  Brincar, correr  nadar...  respirar e pular na relva.

 

Mas é  tão  triste ou mais ter um saudável que pode tudo e nao o quer!

 

Não  está  numa cama de hospital...

 

Está  agarrado ao carregador do telemóvel. 

 

É uma luta tão severa, tão  desgastante... que nos leva ao limite..o pior que há  em nós  sai para fora,  pois repreender, não adianta... 

 

 

Hoje eu tive uma luta com isso..

De nada  serviu gritar... ameaçar. 

Só  fez o que de pior há  em mim reaparecer e, me tornar em alguém  muito mau..

Chorar e lutar contra os meus  instintos de levar à  força. ..

 

Então  aí... vi o limpar e esfregar as torneiras da casa de banho como um castigo, uma maneira de eu não  usar a força. (Porque me apeteceu dar umas bolachas bem grandes).

 

Porque tem todo o conhecimento à mão, tem consciência  do que é  errado... sabe que até que cedi em muitas coisas.

 

Porquê?  Porque?  Não  acorda!!!!

 

Porque não vê que é  uma luta, que quero que VIVA.

 

Temo que diga palavras que magoem e que limitem que poderia ser.

 

Temo que me odeie, ou que apague aquela magia de tanto amor 

 

Conversei  e expliquei que estou aqui para tudo o que houver para melhorar o será  feito em conjunto...

 

O tempo passa, não  volta atrás, nem mesmo olhar para trás  é válido. 

 

Porque  isso não mudará  nada.

Eu sei que não  sou perfeita  e tambem eu agi mal. Disse coisas que magiaram muito. Mas que eram precisas de serem ditas. 

 

Dói como se uma lança me fosse lançada e me atingisse mortalmente.

 

Mas quem disse que o papel de mãe  era fácil? Ninguém,  porque não o é...

 

E se eu falhar enquanto mãe, enquanto ser humano... enquanto consciente. 

 

Nunca serei perdoada não pela minha filha... mas por mim mesma! .

 

 

 

 

 

Sex | 15.03.19

Grey

Rosa Rosa Ramos Aguiar

FB_IMG_1552688597170.jpg

 

Nem sempre tudo é rosa, branco, brilhante e cintilante...
Há o cinzento e o preto, que ao contrário do que parece, são boas cores! São cores com as quais todas as outras vão bem! E até as aves são lindas somente destas cores...

Gratidão!
Ao Universo.
À energia superior que tudo rege e, da qual todos pertencemos.
Só por hoje sou grata.
Boa noite! Bons sonhos e encontrem motivos para sorrir... porque por muito pequenos ou insignificantes que sejam, eles existem.

Foto:Rosa Ramos Aguiar 

 

 

 

 

Ter | 12.03.19

Limpezas lá em casa... É comigo mesma!

Rosa Rosa Ramos Aguiar

54364811_2758443047531652_6258495854034812928_n.jp

 

Pois bem, limpezas é comigo! Ou com a planta "Comigo ninguém pode".

É que isto limpasse o pó, limpasse a má energia... limpasse, mas é tudo! E já que se está nesta vibe... pois olha! Vai aqueles que só nos roem na casaca por trás... Vão de frosques..Oh sim, com uma Arruda ...Até consola! Olarilás...

É que não são só os moveis a precisar de limpeza, de um oleozinho! Ou o chão de um banho...

Nós também.

E é nestas "Lides" que o tempo passa e, nem se sabe para onde.

 

A coisa foi forte!

Tão forte que a casa cheira a incenso que é uma harmonia cá dentro! E o peso nas costas...Ui, esse já foi!

 

Vamos mas é limpar... mas limpar tudo!

Toca a arregaçar as mangas.

 

Foto:Rosa Ramos Aguiar

Texto. Rosa Ramos Aguiar

Ter | 12.03.19

Ah, os filhos e os sarilhos.

Rosa Rosa Ramos Aguiar

53528475_2753035888072368_1976663912350744576_n.jp

 

Pois os filhos e os sarilhos...

Ou melhor, no sarilho que nos metemos quando temos filhos.

E quando entram na adolescência é que a água ferve...Oh se ferve.

Eu cá é baba e ranho, porque grito, grito e nada... Não resulta. Umas palavras mais amargas, que a mim sabem bem pior, acreditem!

É a altura em que nos questionamos, mas para que me fui meter neste sarilho!?

é a altura para reflectir, mas reflectir mesmo à séria...

Porque os sarilhos vão lá estar, não podem é transformar-se em algo com que não possamos lidar... Penso que é chegada a altura, para sermos mesmo papás e mamãs de verdade! Porque até aqui fomos papás e mamãs de cutxi cutxi.

 

Bem... e eu vou nesta nova aventura da adolescência! Espero que corra bem...

Foto:RosaRamos Aguiar

Texto:RosaRamos Aguiar